sábado, janeiro 05, 2008

Mecatrônica Fácil ameaçada por piratas

Ontem, recebi um e-mail da editora Saber Eletrônica. A editora informava que devido aos altos custos de produção de uma revista, dos impostos e à pirataria, eles não estão conseguindo manter a revista Mecatrônica Fácil.

- Pirataria?

Isso mesmo. Pirataria. Estão disponibilizando o conteúdo da revista na internet. Por causa desse tipo de gente (lixo é o termo mais apropriado), os esforços para que tenhamos uma elevação na qualidade técnica dos nossos estudantes e profissionais fica comprometida.
Resultado: a versão impressa da revista será cancelada. A editora vai disponibilizar o conteúdo apenas em mídia digital para os assinantes, via portal web que está em desenvolvimento, como uma tentativa de manter a revista viva.

Eu não sei se isso realmente vai dar resultados. Muita gente não gosta de ler no computador (por exemplo, eu).

Se o número de assinantes aumentasse de modo substancial, acredito que eles manteriam a versão impressa da revista.

Se tu és um aficcionado por Eletrônica e Mecatrônica e ainda não és assinante da Mecatrônica Fácil, entre em contato com a editora e faça a tua assinatura.

8 comentários:

Gerson disse...

Caro Márcio,

Vi seu breve curriculum e gostaria de saber se conhece bem de integração do CTI com o SAP (Banco de Dados Oracle).

Se conhecer e quiser entrar em contato, meu email é gerson@gmarc.com.br.

Gerson

Anônimo disse...

Creio que digitalizar a mecatronica fácil sem consultar os assinates (eu pelo menos só fiquei sabendo porque liguei p/ vcs) foi bastante arbitrário. Piratas existem de e eles podem piratear qquer tipo de informação. Assim creio que com esta medida vcs podem até diminuir mas não conter o avanço da pirataria. Lembrando ainda que o papel vc pode levar a qquer lugar. Só mais uma pergunta quando digitalizaram a revista vcs levaram em consideração os assinates que não tem computadores?

Marcio Andrey Oliveira disse...

Meu amigo anônimo, obrigado pela visita.

Pelo que entendi, tu achas que eu trabalho para a editora Saber Eletrônica, que edita a revista Mecatrônica Fácil.

Isso não é verdade. Eu fiquei tão indignado quanto tu quando eu soube desta mudança na revista. Concordo com teus pontos de vista.

Fiquei tão aborrecido que cancelei a minha assinatura. Eu quero minha revista em papel!

Abraços.

Lord_Snake disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lord_Snake disse...

Caro Marcio Oliveira,

espero que não me interprete mal, mas li o seu blog e deduzi que assinasse a revista, e estou a escrever este post com o intuito de pedir-lhe um favor.

A situação é a seguinte: sou estudante do curso de Engenharia Informática da Universidade da Madeira (Portugal) e preciso de entregar na próxima sexta-feira (dia 27 de Junho de 2008) um trabalho para que possa concluir uma disciplina e dáva-me uma enorme ajuda um artigo que vi nessa revista online.

O artigo em questão é o seguinte: http://www.sabereletronica.com.br/secoes/leitura/733 e é sobre um sistema de alarme com controlo por sms.
Eu mesmo que queira assinar a revista não tenho cartão VISA e sou de Portugal e uma transferência bancária internacional demoraria vários dias úteis que não posso esperar.

Caso possa, agradecia que me enviasse esse artigo para este e-mail, pois eu precisava imenso e não tenho como o conseguir. Peço desculpa vir aborrecê-lo com isto, mas é que preciso disto com a máxima urgência...

Enviei um e-mail identico a este post para a redação da Saber Eletrônica, mas não estou muito confiante que me facultem e por isso já me estou a antecipar e a pedir o artigo a quem puder...

Se for possível enviar-me isso, ficar-lhe-ia imensamente grato.

O meu mail é capelo.francisco(at)gmail.com

Com os melhores cumprimentos,

Francisco Capelo

Victor disse...

Caro Marcio, Boa Noite primeiramente,

Sou aficionado por mecânica, eletrônica, computação e mecatrônica e eu era assinante na época em que a primeira mecatrônica foi lançada, acho sua aplicação ao fato justa, gosto mais da revista que um arquivo digital, pois acho ruim fazer as atividades propostas pelo artigo na frente de um computador, porem comecei a pensar melhor pois, por mais que eu tente conservá-las o tempo infelizmente nos trás vários prejuízos, ai comecei a digitalizá-las e salva os arquivos referente as revistas e vários outros artigos ligada as minhas áreas de interesse, infelizmente na época da primeira revista quem as pagavam era meu pai e só consegui dá 1 – 6, após um ano e meio consegui o da 7 a 10 e parei, se passou esse tempo todo e só consegui o restante das revistas agora.
Infelizmente minha coleção está incompleta, pois emprestei a Ed 7 e a 4 minha ex-empregada acidentalmente molhou. E infelizmente perdi as edições 12 e 19 da revista, pois esgotaram.

Também renego essas pessoas que cometem o plágio de digitalizar as revistas e as colocarem a venda tirando os direitos daqueles que suaram a camisa para passar o conhecimento adquirido as pessoas que estão começando ou aumentar os conhecimento de forma fácil e objetiva.

Ai vem à pergunta? Algum amigo seu que comprou as edições 4, 7, 12 e 19 às tem para vender? Já procurei em todo lugar, mercado livre, ebay, toda compra... e nada. E comprovei esse caso com a Editora Saber, e o atendente disse que estão negociando com os autores para poderem fazer as edições 1 - 36 em PDF mais que não sabe se essas negociações estão certa de acontecer ou até mesmo se acordadas essas edições em PDF ainda saíram esse ano.

Um forte abraço.

Victor Vinícius de Brito Martins
Técnico em Mecânica Industrial – CEFET-PE

Marcio Andrey Oliveira disse...

Victor, obrigado pela visita.

Infelizmente nenhum amigo meu gosta de mecatrônica. Só programação.

Mas tu podes procurar no site http://www.traca.com.br/, que é um sebo na internet. :)

Se por um acaso eles não tiverem a revista, podes te inscrever para receber os e-mails deles com as novas revistas / livros disponíveis.

Aí, quando chegar algo que te interessa, tu podes comprar deles.

Já comprei várias revistas e livros com eles e nunca tive problemas.

Victor disse...

Valeu mesmo pela dica Marcio e parabéns pelo blog, só com conhecimento e dedicação é que o Brasil vai pra frente.

Obrigado mesmo pela dica.