quinta-feira, setembro 27, 2007

Não clique nunca mais!

Há vários anos eu sofro com tendinite. São dores horríveis, que às vezes estão muito fortes e outras vezes nem tanto.

Além do problema para digitar, também sofro para clicar o botão do mouse. Se eu clicar duas ou três vezes o botão do mouse, já era... são pelo menos uns 20 dias de molho.

Apesar disso, até hoje trabalho com desenvolvimento. Como é possível?

Eu uso vários métodos para reduzir os impactos da minha atividade no meu problema de tendinite.

Entre outras coisas, uso um programa chamado MouseTool e posso dizer, com 100% de certeza, que se hoje estou trabalhando com desenvolvimento de software, é graças, principalmente, a ele.

Este programa permite que eu use o mouse sem precisar clicar. Isso mesmo, ele clica com o botão direito, esquerdo, dá clique duplo e arrasta pastas e arquivos para mim, sem que eu precise apertar seus botões.

O único problema com ele é que ele foi feito para Windows. Eu, como usuário Linux, tinha que me contentar com uma versão muito pobre do MouseTool para o KDE.

Resolvi então fazer a minha própria versão do MouseTool para Gnome. Quero deixá-lo o mais próximo possível da versão original para Windows, tanto na aparência quanto no comportamento.

Hoje, eu coloquei no site do SourceForge a primeira versão do meu programa, que batizei de GMouseTool, em homenagem ao GTK+ e ao MouseTool.

Você pode obter uma cópia do projeto em http://gmousetool.sourceforge.net/.

2 comentários:

Adriane - adriannyy@yahoo.com.br disse...

Oi, vc já experimentou se tratar tomando o medicamento Artrolive? É muito bom para artrite e tendinite, eu uso e reduz muito as dores e problemas nos pulsos.

Marcio Andrey Oliveira disse...

Oi, Adriane. Tudo bem?

Eu já fiz vários exames em vários médicos de diferentes especalidades.

Sigo o tratamento recomendado (medicamentos, exercícios, etc), mas como a tendinite se manifesta pelo movimento repetitivo e eu trabalho com desenvolvimento, não tenho como fugir das dores.

Assim eu procuro métodos que diminuam o esforço (reconhecimento de voz, programas que auto-completam texto, o GMouseTool, entre outros).

Obrigado pela dica e pela visita.